Pedir orçamento

Pedido de Orçamento

Preencha o formulário abaixo para solicitar um orçamento gratuito. Enviaremos a nossa proposta com a maior brevidade possível.

    Nome*

    Empresa

    E-mail*

    Confirmar e-mail*

    Nº telefone

    NIF

    Serviço pretendido

    Prazo de entrega

    Mensagem (opcional)

    * Preenchimento obrigatório

    WhatsApp

    Pedir orçamento

    Pedido de Orçamento

    Preencha o formulário abaixo para solicitar um orçamento gratuito. Enviaremos a nossa proposta com a maior brevidade possível.

      Nome*

      Empresa

      E-mail*

      Confirmar e-mail*

      Nº telefone

      NIF

      Serviço pretendido

      Prazo de entrega

      Mensagem (opcional)

      * Preenchimento obrigatório

      WhatsApp

      Get a free quote

      Request Quote Form

      Fill out the form below to request a free quote. We will send you our proposal as soon as possible.

        Name*

        Company

        Email*

        Confirm email*

        Phone No

        VAT No

        Service

        Deadline

        Message

        * Mandatory fields

        WhatsApp

        Get a free quote

        Request Quote Form

        Fill out the form below to request a free quote. We will send you our proposal as soon as possible.

          Name*

          Company

          Email*

          Confirm email*

          Phone No

          VAT No

          Service

          Deadline

          Message

          * Mandatory fields

          WhatsApp

          O lado negro da positividade: Como evitar a invalidação emocional

          Deixem-me começar por dizer que nós não somos pessoas negativas, muito pelo contrário, na Verbarium acreditamos vivamente no poder das vibrações positivas! 😊👍

          Mas, embora ter uma visão positiva da vida seja sem dúvida a melhor abordagem, tudo o que é demais faz mal!

          Como em tudo na vida, também podemos ter uma “overdose” de vibrações positivas! 🦄 🌈 🍀 🧿 🦋 🍭 🌞

          A isto chama-se positividade tóxica, pois acaba por conduzir a comportamentos prejudiciais de invalidação emocional. A positividade tem como objectivo melhorar o bem-estar e a felicidade mas, curiosamente, a sua aplicação excessiva pode causar exactamente o contrário!

          Revelar este lado mais negro da positividade é um tema importante devido ao potencial impacto negativo na nossa saúde mental e bem-estar.

          O que é a positividade tóxica?

          A positividade tóxica pode ser definida como a crença de que as pessoas devem manter uma mentalidade positiva permanente, mesmo quando confrontadas com situações difíceis ou negativas. Isso implica a supressão de emoções negativas e a invalidação de experiências e sentimentos humanos, o que pode levar a mecanismos de enfrentamento não saudáveis e até mesmo a traumas ou isolamento. ❤️🩹

          As acções e atitudes que podem ser consideradas “positivamente” tóxicas incluem o evitamento ou a repressão de sentimentos desagradáveis, ou a pressão para procurar um estado de felicidade permanente.

          Se a positividade for utilizada para mascarar ou abafar as emoções humanas, torna-se tóxica, tal como qualquer outra coisa feita em excesso.

          Este processo resulta na negação, desvalorização e invalidação das emoções que estamos a sentir. Se nos pressionarem o suficiente, começamos a sentir que até mesmo uma tristeza ocasional é motivo de vergonhosa ou é inaceitável.

          Todos nós temos defeitos. Todos nós sentimos ocasionalmente tristeza, raiva, ciúme, ressentimento, medo, inveja… É saudável reconhecer esses sentimentos e tentar melhorar a partir daí.
          .
          Mas se começarmos a ignorar, negar ou reprimir estas emoções, recusando-nos a reconhecer a sua existência, elas tornar-se-ão tóxicas.

          A estes comportamentos de rejeição, desprezo ou desvalorização dos nossos sentimentos, perspectivas ou experiências, ou dos de outra pessoa, chama-se invalidação emocional.

          Acontece quando negamos a validade das experiências humanas genuínas e optamos por sentir “apenas vibrações positivas” durante todo o dia, todos os dias. No final, acabamos por fingir que somos felizes.

          “Fingir até ser verdade” pode fazer com que tudo pareça bem durante algum tempo, mas, a longo prazo, irá criar uma enorme pressão emocional. 😰

          Por outro lado, quando forçamos os outros a ignorar a sua dor e sofrimento e concentrar-se no “lado positivo”, estamos a encorajá-los a reprimir o que sentem e a ficar em silêncio sobre as dificuldades que estão realmente a passar. 🤐

          As emoções negativas não são todas más

          Como é que aprendemos se não distinguirmos o bom do mau?

          Aprendemos com as experiências negativas. Se continuarmos a fugir, a evitar ou a silenciar a experiência negativa, acabará por explodir nas nossas mãos. Evitar ou negar o sofrimento é apenas uma forma diferente de sofrimento.

          Quando alguém transmite a mensagem de que só são permitidos bons sentimentos à sua volta, torna-se difícil para os outros exprimirem algo que não sejam “boas vibrações” na sua presença.

          A maior parte das pessoas não quer ser vista como o “amigo deprimente” que espalha energias negativas, por isso, optamos por aguentar e fingir que está tudo bem.

          Esconder ou negar os sentimentos pode conduzir a um grande stress no organismo e aumentar a dificuldade para enfrentar pensamentos e sentimentos angustiantes. Além disso, as emoções reprimidas manifestar-se-ão mais tarde sob a forma de ansiedade, depressão e até doença física. 💫 💫

          O problema não está na positividade em si. O problema está em ser demasiado insistente em relação a uma mentalidade positiva e em invalidar as emoções das pessoas, ignorando, negando, criticando ou rejeitando os seus sentimentos. A longo prazo, este comportamento terá repercussões negativas na saúde mental e no bem-estar das pessoas.

          Mindfulness é a prática de concentrar a nossa atenção no momento presente e aceitá-lo sem julgamento, focando os aspectos positivos da experiência humana, como a felicidade, o bem-estar e o crescimento. Estas técnicas, que comprovadamente ajudam a regular as nossas emoções, aumentam a resiliência, reduzem o stress e melhoram a saúde em geral, colocam uma forte ênfase na positividade.

          Mas cultivar a positividade e forçar a positividade são duas coisas muito diferentes.

          O mindfulness, ou atenção plena, também tem que ver com a validação emocional, que é o ato de reconhecer, aceitar e apoiar os nossos próprios sentimentos, perspectivas ou experiências, bem como os dos outros, sem os julgar.

          É importante reconhecer a realidade das nossas emoções, verbalizando-as e tirando-as do nosso caminho, para fora do nosso corpo. É isto que nos mantém saudáveis, e alivia a tensão e o stress. Para nos livrarmos da negatividade, temos primeiro de a reconhecer e validar. Como é que se luta contra algo cuja existência se nega?

          Aceitarmo-nos tal como somos é o caminho para uma vida emocional e física saudável. Reconhecer os sentimentos das outras pessoas promove relações saudáveis e positivas.

          Impactos da positividade tóxica:

          • Impede as pessoas de processarem e lidarem com as suas emoções de uma forma saudável, o que pode resultar em entorpecimento ou inépcia emocional.
          • Reduz a capacidade de tolerar pensamentos e emoções difíceis e, consequentemente, dificulta a capacidade de adaptação à mudança.
          • Aumenta o stress, a ansiedade, a depressão e a solidão, uma vez que as pessoas se sentem isoladas e sem apoio dos outros.
          • Prejudica as relações, uma vez que as pessoas se sentem incompreendidas, não ouvidas ou julgadas.
          • Diminui a auto-estima, uma vez que as pessoas interiorizam a mensagem de que as suas emoções são erradas ou inaceitáveis.
          • Ignorar as emoções genuínas das pessoas e fazê-las sentirem-se culpadas ou envergonhadas faz com que se sintam pior.

          E o que dizer da positividade tóxica no trabalho?

          Aplicam-se as mesmas regras. Um líder positivo é certamente uma coisa boa!

          Inspira, motiva e capacita os outros para atingirem os seus objectivos e realizarem o seu potencial. Também cria um ambiente de trabalho positivo que promove a confiança, a colaboração e o bem-estar entre os funcionários.

          Mas já vimos que ser positivo não significa invalidar as emoções negativas das pessoas.

          De facto, a validação emocional terá um impacto muito mais positivo na cultura e no ambiente de trabalho, bem como no bem-estar dos líderes e dos trabalhadores.

          Impactos da positividade tóxica no local de trabalho:

          • Pode diminuir o empenho, a motivação e o desempenho dos trabalhadores, uma vez que estes se sentem desvalorizados e não são ouvidos pelos seus líderes ou colegas.
          • Pode aumentar a rotatividade dos trabalhadores, o absentismo e o esgotamento, uma vez que estes se sentem stressados e frustrados no trabalho.
          • Pode prejudicar a confiança, a colaboração e a comunicação entre os colegas de trabalho e entre estes e os seus líderes, uma vez que se sentem alienados da sua equipa ou organização.
          • Pode prejudicar a saúde e o bem-estar mentais dos trabalhadores, uma vez que aumenta a ansiedade, a baixa auto-estima e o sofrimento emocional.

          Exemplos de validação emocional no local de trabalho:

          • Ouvir activa e atentamente o que os outros dizem e como o dizem
          • Manifestar empatia e compaixão pelo que sentem e porquê
          • Reflectir sobre o que eles disseram sem julgar
          • Mostrar interesse e curiosidade pela sua perspectiva ou situação
          • Fazer perguntas abertas para clarificar ou explorar os seus sentimentos
          • Afirmar os seus pontos fortes e capacidades para lidar com os desafios
          • Oferecer apoio ou assistência, se necessário ou solicitado

          Portanto, já vimos a importância de evitar a positividade tóxica e, em vez disso, praticar a validação emocional no trabalho e em todos os aspectos da nossa vida.

          Veja agora alguns exemplos de validação emocional para ajudar as pessoas a lidar com as suas emoções e a promover a resiliência psicológica no nosso infográfico:

          Ser uma pessoa saudável e equilibrada implica ter consciência de nós próprios e da forma como nos apresentamos aos outros.

          Se se reconhece como alguém que pratica a positividade tóxica, está na altura de parar. ☢️

          Esta mentalidade pode ser prejudicial tanto para si como para as pessoas de quem gosta. Em vez da positividade tóxica, procure o equilíbrio e aceite tanto as emoções positivas como as negativas.

          Se, por outro lado, estiver a sofrer com as atitudes tóxicas de positividade de um terceiro, comece a estabelecer limites. Não deixe que a pessoa o julgue e tenha o poder de o impedir de ser autêntico e de exprimir a sua verdade.

          “Positividade positiva”:

          • Pense positivamente: seja sincero sobre o que sente e positivo sobre o que pensa; isso pode moldar a forma como encara as situações e ajuda a manter uma abordagem à vida e às mudanças que lhe são inerentes.
          • Seja positivo em relação ao futuro: não pode fingir que as coisas que aconteceram no passado não o magoaram, mas nada o impede de ter vibrações positivas em relação ao que está para vir.
          • Envolver-se em actividades saudáveis e positivas: escolha actividades que sejam saudáveis e benéficas e que dêem sentido à sua vida; encontre um trabalho significativo, cuide do seu corpo e comece ou continue um passatempo que o ajude a lidar com o stress diário.

          Para terminar…

          Lembre-se de que a chave é encontrar o equilíbrio. Não há problema em cometer erros ao longo do caminho, desde que se aprenda com eles e se continue a avançar.

          A vida é tão imperfeitamente bela — abrace a experiência completa e colha as recompensas de viver plenamente. 🧬 🌀 ✨

          Esperamos que tenha gostado da nossa opinião sobre este assunto! Aproveite para visitar o nosso site, que mostra a experiência e a dedicação da nossa equipa em fornecer serviços de tradução profissionais de alta qualidade.

          Veja o que podemos fazer por si hoje:

          https://verbarium-boutique.com/servicos-linguisticos/

          Tags:

          Sobre o nosso blogue

          Aqui, exploramos temas que nos são queridos e relevantes. Sérios, mas com um toque de humor e apimentados pela nossa paixão pela escrita! Conheça-nos “nos bastidores” e partilhe a sua opinião através dos comentários!

          About our blog

          This is where we explore topics that we hold dear or that are relevant. Serious, with a hint of humor and spiced up by our passion for writing! Get to know us “behind the scenes” and share your opinion in the comments section!

          Tags

          abrandar (2)acordo ortográfico (3)agência de tradução (2)AI (2)aprendizagem automática (3)artificial intelligence (1)Assertividade (1)audience (1)audiência (3)auto-cuidado (1)automatic translation (1)bem-estar (2)brief (4)burnout (3)CAT tools (5)challenges (1)challenges of the translator (1)computer-aided translation (1)controlo de qualidade (3)copy de marketing (3)copywriting resources (1)criatividade (3)desafios do tradutor (2)Desempenho (2)Desenvolvimento (2)Development (1)dicas (5)discurso público (3)diversidade (1)Emotional intelligence (2)envolvimento social (2)equidade (1)equilíbrio entre trabalho e vida pessoal (1)erros de tradução (3)fear (1)ferramentas de gestão da tradução (4)freelancer (5)Freelancing (1)Gestão (2)gestão do tempo (1)glossários (2)human translation (1)igualdade (1)ikigai (2)inteligência artificial (3)Inteligência emocional (2)justiça (1)keywords (1)language (2)Leadership (3)legal translation (1)Liderança (2)linguagem (4)Local de trabalho (2)machine-translation (2)machine learning (1)Management (1)marketing (7)marketing copy (1)medo (3)mindfulness (4)MTPE (4)orientações pessoais (2)palavras-chave (2)Performance (1)processo criativo (4)Profissão (1)proofreader (1)public speech (1)quality control (1)recursos de copywriting (2)remote working (1)resources (1)revisor (2)ritmo de vida (2)SEO (2)serviços de tradução (3)slow living (2)social engagement (3)sociedade (1)sworn translation (1)teamwork (3)tecnologias de tradução (4)terminologia (2)tips (2)trabalho de equipa (2)tradutores profissionais (3)tradução assistida por computador (2)tradução automática (2)tradução juramentada (2)tradução jurídica (2)tradução técnica (2)translation agency (1)translation errors (1)translation management tools (1)translation services (1)translation technologies (1)wellness (3)work-life balance (1)Workplace (2)

          0 Comments

          Submit a Comment

          O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

          Gostou deste artigo?
          Inscreva-se na nossa newsletter

          Receba informações sobre as ofertas e novidades que temos para si, e fique a par da publicação de novos artigos de interesse no nosso blogue.

            Did you like the article? Subscribe to our newsletter

            Receive information about the offers and news we have for you and keep up-to-date with new blog publications that suit your interests.

              Leia mais

              Leia mais

              Gerir o tempo: como ter tempo para a família e porquê?

              Gerir o tempo: como ter tempo para a família e porquê?

              Por vezes, trabalhamos mais do que o necessário devido a factores externos ou internos, como a pressão dos outros, prazos irrealistas, lealdade para com os nossos colegas ou chefes, ou mesmo como forma de escapar a problemas pessoais. No entanto, isto pode levar a mais stress e ressentimento, ou mesmo ao burnout. Por isso, é importante perceber porque é que estamos a trabalhar mais do que o necessário e estabelecer limites saudáveis.

              read more
              Porque dizer “não” é positivo

              Porque dizer “não” é positivo

              Claro que dizer não nem sempre é fácil ou confortável. Pode ser desafiante e incómodo, especialmente se não estivermos habituados a fazê-lo ou se enfrentarmos resistência ou pressão por parte dos outros. Mas também não é impossível nem rude. É possível dizer não de uma forma educada e respeitosa, sem magoar ou ofender ninguém.

              read more

              Read more

              Read more

              Gerir o tempo: como ter tempo para a família e porquê?

              Gerir o tempo: como ter tempo para a família e porquê?

              Por vezes, trabalhamos mais do que o necessário devido a factores externos ou internos, como a pressão dos outros, prazos irrealistas, lealdade para com os nossos colegas ou chefes, ou mesmo como forma de escapar a problemas pessoais. No entanto, isto pode levar a mais stress e ressentimento, ou mesmo ao burnout. Por isso, é importante perceber porque é que estamos a trabalhar mais do que o necessário e estabelecer limites saudáveis.

              read more
              Porque dizer “não” é positivo

              Porque dizer “não” é positivo

              Claro que dizer não nem sempre é fácil ou confortável. Pode ser desafiante e incómodo, especialmente se não estivermos habituados a fazê-lo ou se enfrentarmos resistência ou pressão por parte dos outros. Mas também não é impossível nem rude. É possível dizer não de uma forma educada e respeitosa, sem magoar ou ofender ninguém.

              read more

              Pin It on Pinterest

              Share This