Tradução técnica – É assim tão complicado?

A tradução técnica está entre os tipos de tradução mais complexos!

Não só exige um tratamento rigoroso do texto, como é necessário que o tradutor tenha uma conduta muito própria.

Assim, no momento de escolher um fornecedor linguístico, é importante avaliar se os requisitos básicos estão garantidos.

Este artigo visa auxiliar o leitor a ter uma percepção mais realista da tradução técnica, os sinais a que deve estar atento e quais as nossas recomendações a fim de o ajudar a tomar uma decisão consciente no momento da escolha.

Neste artigo, encontra os seguintes pontos

O que é a tradução técnica?

A tradução técnica, na sua essência, é um tipo de tradução especializado, que trata especificamente de materiais técnicos.

Estes materiais podem surgir de diferentes formas, sendo que os formatos mais comuns de textos técnicos são: manuais de instruções, documentos oficiais, patentes, fichas de segurança, cursos, formações, software etc.; mas, no fundo, são todos os textos que contenham terminologia técnica específica.

É também comum encontrar texto técnico integrado em texto publicitário, como é o caso de websites ou materiais de fabricantes da indústria automóvel, por exemplo.

Qual a melhor opção – tradutor freelancer ou empresa de tradução?

Honestamente, empresa de tradução. Não se trata de “puxar a brasa à nossa sardinha”, há razões específicas para a nossa recomendação.

Só quem trabalha em tradução há muitos anos pode apreciar o desafio de manter a consistência de terminologia, tom de voz, exactidão na tradução, integração de glossários internos e externos em projectos longos (ou pequenos, se forem em grande quantidade), cumprindo ainda assim os prazos de entrega acordados.

A entreajuda que ocorre entre colegas não tem preço, quando surgem problemas, tanto do ponto de vista linguístico, como do ponto de vista pessoal.
Um tradutor técnico pode brilhar no seu talento, quando tem o apoio de uma equipa revisora igualmente competente!

Na hora da revisão…

Uma das maiores frustrações de clientes que nos procuram é por terem recebido uma tradução técnica muito aquém das suas expectativas e necessidades. Procuram uma revisão minuciosa e rigorosa que possa elevar a qualidade da tradução original.

Porém, esta solução apresenta problemas muito próprios. Em certos casos, a tradução original contém tantos erros de terminologia, porções incoerentes e uma qualidade tão pobre, que se torna menos dispendioso fazer a tradução de raiz… E, mesmo nos casos em que é possível a revisão, o custo total do projecto (tradução original pobre + revisão rigorosa +  controlo de qualidade final do cliente) será sempre superior ao que teria sido se o projecto tivesse estado nas mãos de tradutores e revisores profissionais desde o início.

Para colmatar estes riscos, uma empresa de tradução apresenta soluções mais favoráveis, em termos de custo e de resultado final, pois conta com a experiência e dedicação de uma equipa habituada a trabalhar entre si, complementando-se em talento e competências.

Da mesma forma, quando um tradutor técnico sofre um impedimento imprevisto (doença, acidente, problema técnico de equipamento/software etc.), pode ser rapidamente substituído, de forma parcial ou integral, por outro membro da equipa até ficar novamente disponível. O cliente recebe a sua tradução dentro do prazo acordado e com o mesmo nível de qualidade.

Sugerimos, porém, que se o leitor tiver sido “vítima” de um tradutor pouco escrupuloso e precisar de revisão, nos contacte, pois poderemos fazer a nossa recomendação, com base na tradução que nos apresentar, sem compromisso e com orçamento gratuito, para que possa ter todas as informações de que necessita antes de tomar uma decisão.

Quais as principais características que um tradutor técnico deve ter?

Existem determinadas características que são cruciais para se obter a melhor tradução técnica. Existem outras, secundárias, mas para não tornarmos este artigo demasiado hermético, destacamos aquelas que a nosso ver são as mais importantes. Pequena nota: quando é referido “tradutor técnico” estamos a incluir aqui também o revisor técnico, de forma a não criar repetições desnecessárias.

O tradutor técnico deve:

Ser nativo no idioma de destino – parece lógico, mas é muito comum documentos técnicos serem atribuídos a profissionais não nativos, mesmo no contexto de grandes empresas de tradução. Assim, é importante que o leitor procure assegurar-se, dentro do possível, se o tradutor técnico é nativo no idioma de destino.

Ser proficiente e experiente na área técnica a traduzir – um texto técnico pode existir em várias indústrias diferentes, um tradutor técnico não consegue ser proficiente em todas estas áreas, apesar de ser comum ver-se publicitado que sim.

Tradução técnica é um termo que abrange uma panóplia de situações, sectores, formatos… é importante escolher um tradutor técnico ou equipa que seja experiente na sua área de forma a obter os melhores resultados. Na nossa empresa de traduções, cada projecto é avaliado antes de ser atribuído a um tradutor técnico, precisamente por esta questão.

Traduzir os conteúdos com rigor e exactidão – Tradução técnica é um tipo de tradução especializado, que não permite liberdades criativas ou artísticas. É aceitável haver um determinado grau de interpretação e adaptação do texto original para que seja compreensível a um consumidor no idioma de destino, porém a terminologia técnica empregue deve ser a correcta e manter-se consistente ao longo de todo o projecto e entre projectos.

Utilizar e actualizar materiais auxiliares – em seguimento do ponto anterior, a forma de aplicar terminologia técnica correcta e manter a consistência de termos e expressões é utilizar auxiliares, que podem ser memórias de tradução, glossários e ainda softwares.

Estes auxiliares devem ser actualizados de forma contínua e ser adequados à área técnica a que a tradução se destina. Cada empresa de traduções tem a sua abordagem — aqui, criamos os nossos próprios glossários, em que cada termo é sujeito a aprovação prévia e, quando necessário, criamos glossários próprios para cada sector e/ou cliente.

O nosso software preferido é o Trados Studio, apesar de trabalharmos pontualmente com outros, já que ajuda a reduzir custos associados e também a manter a consistência da terminologia.

Ter atenção e aplicar instruções do cliente – alguns clientes sabem o que querem, já possuem material extenso anterior e procuram manter a consistência com materiais actuais. O tradutor técnico deve ser capaz de integrar estas instruções, bem como outros auxiliares, como glossários e memórias de tradução, explorando ainda documentos de referência/website do cliente, entre outros, e combiná-los com os seus próprios materiais de forma a obter a melhor tradução técnica final.

Ser transparente na comunicação – Este último ponto não é de menor importância que os anteriores, pois é crucial para se construir uma relação de confiança e, consequentemente, um excelente resultado na tradução.

Por vezes, surgem situações ambíguas num projecto, dúvidas ou há necessidade de esclarecer um ponto. A forma de abordar questões que possam surgir é crucial para o cliente compreender a posição do tradutor técnico e poder tomar uma decisão consciente
antes de avançar.

Conclusão

Esperamos ter sido de algum auxílio para o leitor no que diz respeito à tradução técnica. Este é um assunto que pode ser desenvolvido em várias direcções, mas tentámos manter o artigo mais sucinto e focado no seu interesse.

Em jeito de conclusão, gostaríamos de convidá-lo a reflectir sobre o valor do seu projecto, o que o levou a criá-lo e o que significa para si.

Mais do que conseguir uma venda, o nosso intuito com este artigo, e outros do blogue, é ajudar a criar um panorama linguístico de maior qualidade, visto que o actual tem várias arestas a limar.

Assim, quer nos escolha a nós, quer opte por outra via, o importante no final é que obtenha a qualidade de tradução ou serviço linguístico à altura do valor do seu projecto ou negócio.

 

Sobre o nosso blogue

Aqui, exploramos temas que nos são queridos e relevantes. Sérios, mas com um toque de humor e apimentados pela nossa paixão pela escrita! Conheça-nos “nos bastidores” e partilhe a sua opinião através dos comentários!

About our blog

This is where we explore topics that we hold dear or that are relevant. Serious, with a hint of humor and spiced up by our passion for writing! Get to know us “behind the scenes” and share your opinion in the comments section!

Categorias

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Leia mais

Leia mais

No Results Found

The page you requested could not be found. Try refining your search, or use the navigation above to locate the post.

Read more

Read more

No Results Found

The page you requested could not be found. Try refining your search, or use the navigation above to locate the post.

Pin It on Pinterest

Share This