Pedir orçamento

Pedido de Orçamento

Preencha o formulário abaixo para solicitar um orçamento gratuito. Enviaremos a nossa proposta com a maior brevidade possível.

    Nome*

    Empresa

    E-mail*

    Confirmar e-mail*

    Nº telefone

    NIF

    Serviço pretendido

    Prazo de entrega

    Mensagem (opcional)

    * Preenchimento obrigatório

    WhatsApp

    Pedir orçamento

    Pedido de Orçamento

    Preencha o formulário abaixo para solicitar um orçamento gratuito. Enviaremos a nossa proposta com a maior brevidade possível.

      Nome*

      Empresa

      E-mail*

      Confirmar e-mail*

      Nº telefone

      NIF

      Serviço pretendido

      Prazo de entrega

      Mensagem (opcional)

      * Preenchimento obrigatório

      WhatsApp

      Get a free quote

      Request Quote Form

      Fill out the form below to request a free quote. We will send you our proposal as soon as possible.

        Name*

        Company

        Email*

        Confirm email*

        Phone No

        VAT No

        Service

        Deadline

        Message

        * Mandatory fields

        WhatsApp

        Get a free quote

        Request Quote Form

        Fill out the form below to request a free quote. We will send you our proposal as soon as possible.

          Name*

          Company

          Email*

          Confirm email*

          Phone No

          VAT No

          Service

          Deadline

          Message

          * Mandatory fields

          WhatsApp

          A Pós-edição de Tradução Automática – Parte 2

          O melhor de dois mundos ou o pior da Indústria 4.0?

          Parte 2

          “A mudança é a lei da vida. E aqueles que olham apenas para o passado e para o presente irão certamente perder o futuro.”

          John F. Kennedy

          O preço recebido pela pós-edição da tradução automática (MTPE) vale o esforço?

          Como vimos no artigo anterior, quando a MT é de boa qualidade, pode realmente aumentar a produtividade em termos de velocidade de tradução, permitindo obter um valor justo pelo esforço. Quando a MT é de baixa qualidade, pode revelar-se uma tarefa improdutiva porque não será possível obter o pagamento justo pelo trabalho envolvido na pós-edição.

          Então qual o preço justo? 🤑

          O tempo não pára e sabemos que nada permanece para sempre igual, portanto, não podemos negar que a chamada 4.ª Revolução Industrial está à porta e é como uma onda gigante que não conseguiremos deter e da qual não podemos escapar.

          Ao contrário da MT, a MTPE é um interveniente relativamente recente no sector linguístico, que esperemos venha a ser usado como reforço do trabalho do tradutor, e não para substituir as pessoas — isso representaria o fim das traduções de qualidade e eficazes, e o começo de grandes problemas de comunicação, com implicações a nível pessoal, político, comercial, e também para as relações internacionais…

          Por ser um serviço linguístico relativamente novo e incompreendido, ainda não existe uma resposta específica para a escolha do preço e há muitos profissionais de tradução a recusar a MTPE.

          Se a MTPE deve ser paga por palavra ou por hora ainda gera debate, com algumas pessoas a preferir a contagem de palavras e o outras um valor horário. A taxa de contagem de palavras deveria ser 70–80% de uma tradução normal com tudo o que sejam palavras novas pagas ao preço de uma tradução normal.

          Não nos deixemos enganar pela capacidade da IA de produzir textos maus, que são aparentemente bons!

          Bem vistas as coisas, uma vez que depende da qualidade da MT e o tempo investido pode ser difícil de prever, o mais justo será um valor por hora. ⏲️

          O preço ideal ficaria algures entre o preço de uma tradução normal e o de uma revisão. Há agências que estão dispostas a pagar uma taxa justa, mas muitas apenas pretendem poupar algum dinheiro ao pré-traduzir automaticamente e esperam que o editor cobre o preço de uma revisão normal.

          Ora, o processo de editar ou rever uma tradução humana é muito diferente do método de edição de uma tradução automática — mesmo que a qualidade da tradução automática seja superior à média, exigirá sempre trabalhar mais e despender de mais tempo, pois será necessário realizar todos os passos que normalmente um tradutor humano já teria feito, como por exemplo, realizar toda a pesquisa terminológica.

          Há agências que esperam que se faça sempre uma pós-edição ligeira (por um preço igualmente ligeiro), mas que esperam obter um resultado final de alta qualidade.

          E outras que contam pagar a 40–50% da tradução normal, porque acham que demorará metade do tempo. Nada mais falso! 🙅🏼‍♀️

          No caso dos textos da área financeira ou jurídica, mais do que um mero auxílio à digitação, a tradução automática pode realmente acelerar o trabalho porque requer pouca criatividade, já que o texto original costuma ser conciso, exacto e legível. Por ajudar a efectuar o trabalho com bastante rapidez, uma taxa de 60% a 80% da sua taxa de tradução normal tornar-se-á, na maioria dos casos, tão rentável como uma tradução normal.

          O problema é quando o texto de origem não é assim tão simples, ou por exigir alguma criatividade ou porque as frases são demasiado longas para que a IA produza um texto legível — e este segundo caso também pode verificar-se nos textos financeiros ou jurídicos.

          Embora a MT nos domínios em que se adequa possa realmente aumentar a produtividade, poderá ainda assim requerer uma edição humana pesada, quanto mais não seja para obter consistência terminológica em textos técnicos.

          Com tudo isto, já vimos que uma tradução automática pode levar muito mais tempo do que o esperado, mas falta mencionar que também requer ainda mais atenção do que a necessária para rever um trabalho humano, uma vez não podemos confiar num mínimo de discernimento.

          Sem um olho de lince, podemos facilmente acreditar à primeira vista que uma frase faz todo o sentido, quando na realidade tem uma estrutura estranha ou um erro crasso de tradução que não era possível detectar à primeira vista.

          Por isso mesmo, pode até ser necessário realizar várias leituras para filtrar todas as coisas que não fazem sentido, o que levará muito mais tempo do que teria levado a traduzir o texto de raiz.

          E, muito provavelmente, o cliente não quererá pagar a taxa normal de tradução, afinal já pagou pela ferramenta de tradução automática para não ter de pagar 100% do valor da tradução.

          Ao aceitar rever uma tradução automática de má qualidade — por não poder, por questões de orçamento, dedicar-lhe todo o tempo necessário — o pós-editor arrisca-se a arcar com a culpa pelos erros do texto final e ainda receber um mau feedback.

          Ainda assim, com a produtividade e a poupança de custos como principal argumento, os principais intervenientes do mercado têm vindo a pressionar para que a MT seja dominante na indústria linguística, ignorando os factores não quantificáveis, como o esforço extremamente variável e imprevisível do tradutor, e o impacto negativo financeiro para os profissionais de serviços linguísticos, o nível inferior da pirâmide…

          Em suma, concordamos que a MT pode ser uma ferramenta útil e que poupa tempo, nas condições correctas e se empregue judiciosamente com o intuito de facilitar o trabalho de tradução humana.

          E não esquecendo que ter a ajuda da MT ao traduzir, ou editar conteúdos mais ou menos brutos traduzidos automaticamente, NÃO significa que o tradutor profissional ou o revisor profissional necessite de menos aptidões, competência e experiência — ou dedicação. E muito menos constitui uma ferramenta de tradução viável sem a intervenção humana.

          Será sempre um trabalho de equipa, e nunca a vitória das máquinas sobre a humanidade. Um erro de entendimento menos óbvio traduzido em várias línguas à velocidade da luz, não deixa de ser isso mesmo: um erro.

          Leia também:

          👉 https://verbarium-boutique.com/o-valor-da-traducao-muito-para-alem-do-dinheiro-parte-i/

          👉 https://verbarium-boutique.com/o-valor-da-traducao-muito-para-alem-do-dinheiro-parte-ii/

          A Verbarium fornece os serviços de MTPE profissionais que procura. Não hesite em contactar-nos para discutir as condições deste serviço.

          Se ainda não leu a primeira parte deste artigo, clique aqui.

          Tags: MTPE

          Sobre o nosso blogue

          Aqui, exploramos temas que nos são queridos e relevantes. Sérios, mas com um toque de humor e apimentados pela nossa paixão pela escrita! Conheça-nos “nos bastidores” e partilhe a sua opinião através dos comentários!

          About our blog

          This is where we explore topics that we hold dear or that are relevant. Serious, with a hint of humor and spiced up by our passion for writing! Get to know us “behind the scenes” and share your opinion in the comments section!

          Tags

          abrandar (2)acordo ortográfico (3)agência de tradução (2)AI (2)aprendizagem automática (3)artificial intelligence (1)Assertividade (1)audience (1)audiência (3)auto-cuidado (1)automatic translation (1)bem-estar (2)brief (4)burnout (3)CAT tools (5)challenges (1)challenges of the translator (1)computer-aided translation (1)controlo de qualidade (3)copy de marketing (3)copywriting resources (1)criatividade (3)desafios do tradutor (2)Desempenho (2)Desenvolvimento (2)Development (1)dicas (5)discurso público (3)diversidade (1)Emotional intelligence (2)envolvimento social (2)equidade (1)equilíbrio entre trabalho e vida pessoal (1)erros de tradução (3)fear (1)ferramentas de gestão da tradução (4)freelancer (5)Freelancing (1)Gestão (2)gestão do tempo (1)glossários (2)human translation (1)igualdade (1)ikigai (2)inteligência artificial (3)Inteligência emocional (2)justiça (1)keywords (1)language (2)Leadership (3)legal translation (1)Liderança (2)linguagem (4)Local de trabalho (2)machine-translation (2)machine learning (1)Management (1)marketing (7)marketing copy (1)medo (3)mindfulness (4)MTPE (4)orientações pessoais (2)palavras-chave (2)Performance (1)processo criativo (4)Profissão (1)proofreader (1)public speech (1)quality control (1)recursos de copywriting (2)remote working (1)resources (1)revisor (2)ritmo de vida (2)SEO (2)serviços de tradução (3)slow living (2)social engagement (3)sociedade (1)sworn translation (1)teamwork (3)tecnologias de tradução (4)terminologia (2)tips (2)trabalho de equipa (2)tradutores profissionais (3)tradução assistida por computador (2)tradução automática (2)tradução juramentada (2)tradução jurídica (2)tradução técnica (2)translation agency (1)translation errors (1)translation management tools (1)translation services (1)translation technologies (1)wellness (3)work-life balance (1)Workplace (2)

          0 Comments

          Submit a Comment

          O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

          Gostou deste artigo?
          Inscreva-se na nossa newsletter

          Receba informações sobre as ofertas e novidades que temos para si, e fique a par da publicação de novos artigos de interesse no nosso blogue.

            Did you like the article? Subscribe to our newsletter

            Receive information about the offers and news we have for you and keep up-to-date with new blog publications that suit your interests.

              Leia mais

              Leia mais

              Preconceito de género na tradução automática e a importância da diversidade

              Preconceito de género na tradução automática e a importância da diversidade

              Em suma, a inteligência artificial é uma tecnologia poderosa e promissora que pode trazer benefícios e oportunidades para a tradução, mas também apresenta riscos e desafios, que exigem atenção, cuidado e acção humana. A IA não é neutra, infalível nem imparcial. É um reflexo e um produto da sociedade humana, que é complexa, dinâmica e diversificada, mas também tem muitos problemas, como a discriminação, o preconceito, o racismo, o sexismo, etc.

              read more

              Read more

              Read more

              Preconceito de género na tradução automática e a importância da diversidade

              Preconceito de género na tradução automática e a importância da diversidade

              Em suma, a inteligência artificial é uma tecnologia poderosa e promissora que pode trazer benefícios e oportunidades para a tradução, mas também apresenta riscos e desafios, que exigem atenção, cuidado e acção humana. A IA não é neutra, infalível nem imparcial. É um reflexo e um produto da sociedade humana, que é complexa, dinâmica e diversificada, mas também tem muitos problemas, como a discriminação, o preconceito, o racismo, o sexismo, etc.

              read more

              Pin It on Pinterest

              Share This